Prefeitura aguarda autorização para funcionamento de ETE Principal


Falta pouco para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE Principal – Marambaia) entrar em funcionamento e aumentar, consideravelmente, a quantidade de resíduos tratados em Muriaé. Na semana anterior (25), a Prefeitura, por meio do Demsur, recebeu a visita de engenheiros ambientais para uma vistoria, visando conceder ao município a certificação ambiental. A expectativa é que a autarquia receba a licença nos próximos dias.

A unidade chegou a ser inaugurada em 2015, mas, na prática, nunca entrou em atividade por problemas técnicos. No início de 2017, a atual gestão identificou inúmeras falhas que impossibilitavam o funcionamento da unidade. Desde então, o Demsur intensificou ações para corrigir tais problemas como instalação de novos painéis elétricos/eletrônicos nas elevatórias, assim como aquisição de novas bombas e revisão de toda a extensão da rede.

Atualmente as ETE’s dos bairros Safira e José Cirilo, juntas, tratam em média 33% do esgoto produzido no município e ao iniciar o funcionamento da ETE Principal, o Demsur passará a tratar 50% desses resíduos. O objetivo é atingir a marca de 70%  até o final de 2020.