Iniciativa pretende recolocar Muriaé como destaque em turismo de compras


Muriaé quer voltar a ter destaque na rota do turismo de compras. Este é o objetivo do novo projeto lançado pela Prefeitura e que já vem sendo apresentado aos empresários confeccionistas, a fim de buscar parcerias para a implementação.

A ideia é que a cidade torne a ser destino de consumidores vindos de outras localidades e recoloque-se como referência no ramo de vestuário, a exemplo do que ocorria até uma década atrás. Com isso, pretende-se aquecer a economia local através do desenvolvimento de setores como comércio, hotelaria e alimentação, além da geração de empregos diretos e indiretos.

O grupo de trabalho inicial oferece 30 vagas, que podem ser preenchidas por confecções de todos os tipos, conforme explica o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais.

“A principal vocação da nossa cidade é a produção da chamada lingerie noite, ou seja, de pijamas e camisolas, com distribuição para várias regiões do Brasil”, afirma. “Mas entendemos que podemos desenvolver um trabalho que seja abrangente e ajude a fortalecer o setor como um todo”, continua.

Após o estabelecimento das parcerias, o plano de trabalho cumprirá estratégias variadas, a fim de preparar as empresas em relação à capacidade de produção, excelência no atendimento e melhoria da gerência financeira. Outra proposta é o agendamento de pelo menos seis datas para Muriaé receber excursões de outras cidades.

Muriaé é uma das cinco cidades que integram o Polo da Moda, formado ainda por Eugenópolis, Laranjal, Patrocínio do Muriaé e Recreio. De acordo com dados do último Censo (IBGE/2010), o grupo representa a principal atividade econômica da região, com 432 empresas e mais de 10 mil pessoas empregadas.